top of page

Hospital Santa Luzia e SENAC Xanxerê firmam parceria para pacientes da Saúde Mental

A preocupação do Hospital Santa Luzia com a inclusão de seus pacientes hospitalizados, vai além de tratamentos medicamentosos e terapêuticos, aqui o pensamento é voltado na reinserção, na inclusão social do paciente. Nos últimos dias Equipe protocolou junto ao Senac Xanxerê, uma solicitação de parceria ao Projeto elaborado pela Ala de Saúde Mental de Qualificação Profissional, de Psicoeducação, com o objetivo da instituição ser parceira do projeto de inclusão social dos pacientes que encontram-se hospitalizados na Ala de Saúde Mental para tratamento de desintoxicação (álcool, drogas, tabaco) e demais transtornos mentais.


De acordo com a Coordenadora Laisa Mendes a inserção dos pacientes nos cursos / oficinas proporcionará o bem estar social, mental, físico, contribuindo no tratamento medicamentoso e terapêutico. “ O projeto visa estimular o paciente a retomar seus estudos e trabalhar a reinserção social, na busca da reabilitação e ou a reinserção no mercado de trabalho. Valorizar a profissão que já desempenhavam e ou despertar interesse de novas atuações. Pensamos em ofertar de maneira gratuita aos pacientes oficinas, cursos com curta carga horária para otimizarmos o tempo que encontram-se em tratamento. Desta forma o paciente sairá da Unidade com um certificado em mãos, contribuiria para sua

autoestima, mais uma alternativa para evitar recaídas.”, destaca Laisa.


Atualmente a clínica atende 37 pacientes/mês, da região de Ponte Serrada a Dionísio Cerqueira, encaminhados via SUS / Sisreg e alguns leitos contam com convênios como Cisamarp e Cisamosc (abrangendo mais de 80 municípios). Recebemos pacientes masculinos e femininos da área rural e urbano, que permanecem de 40 a 90 dias para o tratamento de saúde mental.


Na manhã desta quarta-feira, para a alegria do Hospital Santa Luzia o SENAC fez uma visita técnica, explanando os cursos que poderão ser disponibilizados e esta parceria vai dar início na segunda semana do mês de Abril, sendo que será um projeto piloto em toda a região. De acordo com a Laisa nenhuma clínica da região ou do Estado de Santa Catarina ofertam cursos ou têm parcerias como esta.


O primeiro curso a ser iniciado com os pacientes da Ala de Saúde Mental irá abordar conhecimentos e atitudes/valores, destacando a imagem pessoal e postura profissional, com eixo tecnológico voltado para Gestão e Negócios para o segmento do comércio, com duração de 20 horas.



84 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page