Colaboradores da Associação Santo Expedito vão à Escola





A convite da escola Escola Estadual Dom Vital colaborares da Associação Santo Expedito participaram de uma roda de conversa com alunos do 3 ano do ensino com a finalidade de troca de experiências, desafios e por qual razão escolheram atuar em tal profissão.

Esta é mais uma das diversas ações em que a Associação interage com a comunidade com o intuito de troca de experiência e agregar valor.

Alunos de 3 ano estão no desafio e ansiedade pré-vestibular, qual graduação cursar e qual caminho seguir. Através da Roda de Conversa várias dúvidas foram sanadas. Os colaboradores também aprendem muito com estas interações.

Dr. Erick, médico, comentou “...Gostei da experiência eles ficaram bem interessados com a minha história, desafios e dificuldades ao longo da profissão, principalmente com a mudança de carreira da Engenharia para Medicina, de que não é necessário definir com 16, 17 anos uma profissão que vai ser para vida toda, podemos fazer outras escolhas ao longo da vida e mudar de profissão, como foi o meu caso...”



Para Juliana, farmacêutica, ficou impressionada e feliz com a participação e questionamento dos estudantes, todo bem participativos.


O aproveitamento dos estudantes pode ser percebido através da estudante Natlia Cagliari, 17 anos que disse

“Quando Dr. Érick veio aqui, até a escola, falou das dificuldades que enfrentou durante a formação (primeiro Engenharia depois a Medicina), achei muito bacana, pois estou fazendo vestibular para Medicina e enfrento dificuldades, vi que ele também enfrentou cargas maiores ainda e conseguiu se formar, isso me motivou bastante. Também, com a fala dele da mudança de profissão da Engenharia para Medicina pude ver que a vida pode seguir diferentes caminhos, tem seus percursos e desafios e é possível nós contornar e se encontrar na profissão que gostamos. A fala dele e da farmacêutica Juliana foi muito importante, também para nossa evolução como cidadãos, que é possível evoluir na vida profissional e pessoal”. Sempre quis cursar medicina e o depoimento do Dr. Érick só reforçou o meu desejo de continuar me dedicando para passar no vestibular.” Natalia: O hospital passou por várias mudanças e isso é muito importante para nossa cidade e população, hoje podemos ir de madrugada que temos médico para nos atender, tudo melhorou, fiquei feliz em ter profissionais do hospital falando do dia a dia da profissão deles.


Estudante Andrei Moraes complementou dizendo: “Para mim, foi muito interessante, a gente que é de “fora” (do hospital), não sabemos a realidade e parte prática da profissão e a Juliana, farmacêutica pode mostrar um pouco como é, abrindo interesse na área para quem tinha dúvidas sobre cursar Farmácia. Somos curiosos, cheio de dúvidas principalmente agora no terceiro ano que logo estamos prestando vestibular. Pudemos ver também que Dr. Érica e a Juliana passaram pelas mesmas dúvidas e angustias que estamos passando nesse momento de decisão de vida profissional e que é normal passar por isso, e tá tudo bem”. Eu pensei em cursar Psicologia, Medicina Veterinária ou Agronomia, mas optei pela agronomia pois minha família é de agricultores e me identifico com a área.”


“A interação social é a origem e motor da aprendizagem e do desenvolvimento intelectual” (Vygotsk).

Dito isso, é de suma importância a interação da Associação com a comunidade, para que possamos realizar nosso propósito, que não é apenas fornecer saúde de qualidade, mas também, impactar a comunidade através de excelência no cuidado e no conhecimento”. estas são as palavras do Diretor da Associação Santo Expedito Lucas Fernando Alves:


Agradecemos a escola pelo convite e esperamos ter influenciado minimamente algumas tomadas de decisões por parte dos estudantes.

#hsantaluzia #comunidade #educacao

34 visualizações0 comentário